Home / Blog / COMO VENCER A GUERRA?

COMO VENCER A GUERRA?

Na Idade Média houveram muitas batalhas, e uma estratégia desse período de lutas nos chama a atenção: Os cavaleiros tinham em mãos duas armas, uma espada e um escudo que utilizavam para ataque e defesa, respectivamente. E na contemporaneidade é possível observar o passado e construir o futuro.

Esse método de guerrear oferece ao povo de Deus uma forma  de manter seus lares, pois na batalha do dia-a-dia, encontramos muitas casas a desmoronar com uma rapidez inacreditável. A falta de estrutura em nossa sociedade favorece a fragilidade dos pilares de sustentação do lar. Muitas vezes, a condenação de uma família começa de dentro para fora, com a exposição aos exageros  que os meios de comunicação inserem no seio familiar. E sem a sabedoria necessária para usufruir bem da tecnologia, podem ruir os alicerces mais profundos. Precisamos instruir as pessoas para que a luta seja vencida. O escudo da oração pode livrar das flechas inflamadas do maligno (Ef 6, 10) e a espada do Espírito pode cortar e aniquilar as investidas contra a família.

É indispensável que o Cristão proteja os seus. Quando alguém em nossa casa ainda não vive em sintonia com Deus, se faz necessário usar o escudo da nossa oração para protegê-los, assim  como aqueles soldados que construíam muralhas de escudos ao seu redor  para avançar e ganhar território. Os pais são responsáveis por seus filhos diante de Deus e precisam defender os seus lares, proteger, abençoar dialogar e aprender juntos. E o mais importante é dar o exemplo, o próprio testemunho de vida honrada pelos ensinamentos de Deus.

As doenças que mais estão ceifando a nossa sociedade e são relacionadas ao pensamento (estresse, ansiedade, depressão, suicídio) poderiam ser amenizadas com a prática da confissão e comunhão, que cura e liberta, fortalecendo assim o tratamento médico até a restauração dos filhos amados de Deus. Muitos filhos de Deus podem, por meio da prática de caridade, encontrar a cura de suas questões intimas e dar espaço à alegria para uma vida nova com Deus. É preciso revestir-se da Armadura de Deus e usar do poder concedido em cada momento da vida na presença do Senhor para enfrentar as ciladas e alcançar as graças necessárias para uma nova sociedade que nasce a partir de cada um de nós que formamos o povo de Deus.

Melissa Cristina da Rocha Ramos, casada ha 22 anos, tenho 3 filhos, catequista a 28 anos, sirvo como Ministra da Sagrada Comunhão na Comunidade Sagrada Família. Professora graduada  em Letras Literatura pela Universidade Castelo Branco, Cursando Teologia Católica. Empresária em  São José dos Pinhais.

Sobre admsilvio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *